ArtigoPropósito

Quando Deus Interrompe Seus Planos

Recentemente estávamos de férias quando Deus interrompeu meus planos. Minha família e eu tínhamos viajado centenas de milhas para ficar em um hotel na praia. Eu tinha feito preparativos para passar um dia visitando amigos, mas então, no meio da noite, uma noite antes do dia que eu havia planejado para sair, um dos meus filhos acordou doente. Passei o dia seguinte inteiro trancada no hotel, olhando da janela o longo trecho da praia que estava justamente fora do meu alcance.

Uma Vida Interrompida

Minha vida está cheia de interrupções, inconveniências, frustrações e eventos inesperados. As coisas quebram. Acidentes acontecem. O telefone toca justamente quando estou subindo na cama. O trânsito me atrasa. Justamente quando não precisamos de mais despesas, um aparelho quebra. Doenças inesperadas mudam meus planos cuidadosamente elaborados. Eu poderia continuar interminavelmente. Provavelmente, você também.

O problema é que geralmente lido mal com essas interrupções na minha vida. Reajo com frustração e raiva. Como criança, quero bater o pé e dizer: “não é justo!”. Culpo os outros por me atrapalharem. Até dou meus próprios shows de autopiedade.

Embora essas interrupções sejam inesperadas e me peguem de surpresa, elas não pegam Deus de surpresa. Não são eventos aleatórios e insignificantes. Na verdade, essas interrupções são divinamente colocadas em meu caminho por um motivo. Deus usa essas interrupções para me transformar a fim de que eu seja mais parecida com Cristo.

Trânsito lento, um filho doente ou um reparo dispendioso na casa podem não parecer ferramentas importantes em nossa santificação, mas elas são. Frequentemente, ignoramos essas interrupções e inconveniências e em vez disso esperamos Deus operar em nossas vidas por meio de grandiosas circunstâncias transformadoras. Mas a realidade é que, na maioria das vezes, não ocorrerão grandes eventos em nossas vidas que nos farão confiar em Deus e obedecê-lo de alguma maneira extremamente profunda. Não seremos chamados para construir uma arca ou levar um filho único ao monte Moriá. Em vez disso, são nas pequenas frustrações e interrupções, nas pequenas coisas da nossa vida, que nos são dadas oportunidades para dependermos de Deus, para obedecê-lo e glorificá-lo.

Paul Tripp diz assim:

“Você e eu não vivemos em uma série de eventos grandes e dramáticos. Não seguimos em disparada de uma grande decisão para outra. Todos nós vivemos em uma infinita série de pequenos momentos. O caráter de uma vida não é definido em dez grandes momentos. O caráter de uma vida é definido em dez mil pequenos momentos da vida cotidiana. São os temas dos conflitos que emergem desses pequenos momentos que revelam o que realmente está acontecendo em nossos corações. (Whiter Than Snow, 21)

Interrupções da Graça

Esses dez mil pequenos momentos vêm na forma de nossos filhos nos pedindo para jogar um jogo com eles quando estamos ocupados com alguma outra coisa. São momentos como quando um ônibus escolar bloqueia nossa passagem quando já estamos atrasados para um compromisso, ou quando nosso pneu estoura no caminho para o trabalho. Eles estão em todos aqueles momentos ao longo do dia quando as coisas não funcionam do nosso jeito, quando nossos planos falham e nossa vida é interrompida.

É nesses momentos que somos colocados à prova – que nossa fé é esticada e olhamos para baixo para ver se estamos em cima da rocha ou de areia. Será que realmente acreditamos que Deus está no controle de todos os detalhes de nossa vida? Será que realmente acreditamos que a graça dele é suficiente para sobrevivermos até ao fim do dia? Será que realmente acreditamos que o Evangelho de Cristo é poderoso o suficiente não somente para nos salvar pela eternidade, mas também para nos sustentar e nos fortalecer em meio as interrupções da vida? Será que realmente acreditamos que Cristo é suficiente para satisfazer todas as mais profundas necessidades de nossos corações?

Essas interrupções são atos da graça de Deus. Elas nos forçam a lidar com essas perguntas e a resolvê-las. Elas nos fazem encarar nosso pecado. São a forma de Deus tirar nossas vendas e nos fazer ver que precisamos do Evangelho em cada momento do dia. Elas são a luz que brilha nos recessos mais escuros de nosso coração, revelando a verdade daquilo que realmente está lá – os pecados e ídolos que empurramos bem para o cantinho, pensando que, uma vez que não podemos vê-los, eles não existem. Essas interrupções nos fazem lembrar que não temos a vida toda resolvida e que não conseguimos fazer isso por conta própria. São como a vara do Pastor, nos trazendo de volta dos nossos caminhos erradios, nos trazendo de volta ao nosso Grande Pastor. Precisamos dessas interrupções. Como nada mais, elas nos empurram para a cruz de Cristo onde devemos nos lembrar do Evangelho e receber a graça e o perdão de Jesus.

É difícil ver todos os pequenos e frustrantes eventos e interrupções em nosso dia como sendo oportunidades colocadas por Deus para crescermos na graça, mas eles são. E vê-los dessa forma nos ajuda a tirar nossos olhos de nós mesmos e colocá-los em Cristo, que se importa mais com nossa transformação do que com nosso conforto diário. Em vez de nos oferecer uma vida fácil, Ele interrompe nossa vida com a Sua graça e nos mostra aquilo de que precisamos mais do que tudo – Ele mesmo.

E quanto a você? Sua vida está cheia de interrupções? Você vê a mão de Deus operando nelas?

Por: Christina Fox. © DesiringGod.

© 2015 – Todos os direitos reservados. Website: DesiringGod.

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

 

Mostrar Mais
Publicidade

Bom Caminho

Bom Caminho existe para proclamar as boas novas de Cristo, fornecendo conteúdo puro e simples da Palavra de Deus através de cursos teológicos, literatura, e conteúdo online gratuito.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close